quinta-feira, 24 de março de 2011

ultimo poema do melhor *


"Sou sol nas tempestades
Sou mar no Inverno
sou brisa de verao
sou alento na confusao
sou escritor de dia
sonhador de noite
sou conquistador
conquistador do teu amor
rapaz capaz de acreditar
ate o ar acabar.
O sonho comanda a vida
o mar comanda o meu bem-estar
Conquistador do teu amor
Ladrão da tua dor.
Combatente no amor
desafiador da vivencia
Derrotista na paixao
és a unica dona do meu coraçao."

TiagoMCMata.
Eterno namorado, o teu ultimo poema feito para mim, jamais te irei esquecer e irei sempre viver os nossos momentos, és para sempre :'(




...

domingo, 13 de março de 2011

a cada segundo que vivo...

Os dias passam e a saudade aumenta...
Reparo que em cada segundo perco mais um pouco da vontade de viver, o que é incrivelmente desconfortante. Nao posso dizer que quero morrer, porque realmente nao é o que quero. Nao posso tambem dizer que nao consigo sorrir porque consigo, embora nem sempre seja verdadeiro. Alias maior parte das vezes nao o é...
Nao posso dizer muita coisa, tal como nao posso estar em silencio. Vivo agora por ti e por mim, vivo a minha vida e vivo a tua.Pergunto-me quanto mais tempo vou aguentar a tua ausencia, em suma quanto mais tempo vou aguentar esta tristeza que escondo perptuamente. Amo-te e amarei ate ao fim da minha vida, todos os meus sonhos voaram agora para junto de ti.
E a cada segundo que vivo é a tua ausencia que sinto, meu amor.

segunda-feira, 7 de março de 2011

LEVA-ME DAQUI, LEVA-ME CONTIGO

Estou farta disto, farta de viver, farta de respirar, farta de sorrir.
Prometi-te que nunca mas nunca diria isto, se partisses. Mas amor, explica-me como posso continuar a viver assim?
As pessoas exigem de mim mais do que aquilo que consigo dar, colocam responsabilidades sobre os meus ombros e eu tenho que arcar com elas, exigem um sorriso verdadeiro, exigem abraços e beijinhos... exigem que saia, que me ria, fazem trinta e um por uma linha para que eu sorria. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
ESTOU FARTA!
Só tenho 17 anos e vivo com a dor de perder um namorado faz 15 dias, querem de mim o que? que va buscar forças que nao tenho? que ajude pessoas quando ninguem me ajuda a mim? pergunto-me PARA QUE!
dói, porra, dói-me mesmo muito ter perdido o Homem da minha vida, agora ate a minha melhor amiga perdi. Chega ! Chega de sofrer.
Não sou aquilo que aparento ser, é verdade que nao digo nao a ninguem e a alguma coisa. nao digo porque sou assim, mas nao sou forte, nao estou bem, nao estou a aguentar, nao estou a superar. Estou farta................
Estou no meu limite. As forças acabaram de esgotar.
QUERO DESAPARECER DESTE MUNDO, QUERO QUE ME VENHAS BUSCAR MEU AMOR, LEVA-ME CONTIGO. JA NAO FAÇO NADA AQUI. JA NAO FAÇO FALTA AQUI.

domingo, 6 de março de 2011

(Re)Encontrei-te

São 2 horas da manha e encontro-me neste momento em frente ao pc, pergunto-me se ainda terei coragem de viajar para um mundo em que te poderei com certeza ver-te e acariciar-te. Muita gente ja teria ido para la na minha situação... so para te ter novamente junto ao meu peito, porém mantenho-me na expectativa de que ainda estás no meu dia-a-dia e que a qualquer segundo me entras pela porta e me abraças como se fosse apenas mais uma de muitas vezes que irás faze-lo, como se tudo isto que vivo e revivo nao passe apenas de um pesadelo terrivel e dificil de superar.
Amor, a tua partida deixou marcas profundas na minha vida, o meu sorriso evaporou no mar e voa agora para junto de ti, as lagrimas envolveram-me nos primeiros dias e agora pura e simplesmente abandonaram-me e foram substituidas por uma força que ainda agora nao entendo onde a fui buscar.
Hoje, estive perto do mar. Sim, estive em Ofir... aquela praia, aquela tranquilidade, aquela brisa. Tudo me trouxe recordaçoes, memórias do teu pedido de namoro, dos dias que la passavamos, principalmente.
Como pudeste partir e deixar-me agora com esta saudade que parece que te arrancam de mim a cada segundo que passa e eu ja nao suporto respirar?
Como foste capaz de sobrevoar agora no mar, de aparecer como o sol que surgiu hoje no meio do mar e que instantaneamente me fez sorrir? Explica-me como pudeste fazer-me prometer que algum dia iria amar alguem tanto como te amo a ti... nao compreendo, hoje tentei encontrar respostas e mesmo assim, mesmo naquela tranquilidade e paz o que encontrei foram lagrimas, lagrimas de saudade, de um amor perdido, de afastamento. Sem ti a vida nao tem cor, nao tem sabor.
Lembra-te que para mim... partiste fisicamente mas seras para sempre o unico Homem que me fez feliz. Para sempre, meu Tiago, para sempre!

"Sente a brisa, olha o mar. Sente o vento, sou eu que te beijo, em silencio."
Hoje vi que nunca me mentiste, hoje Senti-te, hoje Vi-te.
Com os olhos do coraçao, e dai? jamais sairás. Sempre comigo, sempre presente, sempre meu!





Ate breve.
Amo-te muito,
Soraia M.
...

terça-feira, 1 de março de 2011

és o sol da manha


Foi há 8 dias que a tua ausencia se fez sentir na minha vida, fez ontem uma semana desde o ultimo dia em que os meus olhos cruzaram com os teus... agora meu olhar é mentiroso, meu sorriso é falicioso... meu estado de espirito é sobrevivente.
Daria tanto para que os nossos olhares se voltassem a cruzar e que o nosso sorriso fosse novamente um só. Pergunto-me varias vezes o verdadeiro sentido da vida, nascemos para sofrer morremos em sofrimento, nao entendo isto e jamais irei conseguir ter a resposta adequada para o sentido que nos envolve em respirar.
Tenho saudades dos teus abraços, ansiedade dos teus beijos, amor no meu peito, sentimento no meu coraçao. Jamais alguem irá ser aquilo que tu és para mim, dizem que ninguem é inseparavel porém ninguem substitui ninguem!
Ès para mim aquilo que nunca ninguem foi, és o sol da manha e a lua da noite, és o sorriso constante e o olhar penetrante. és ferida que dói mas nao se ve, és a ausencia na minha vivencia, és amor de perdiçao. és tudo aquilo que nunca deixaras de ser, és o unico Homem que amei em toda a minha vida, e isso? nao é apagado de um momento para o outro, apenas é fingido para nao sufocar com tanta dor e assim fazer como tu, deixar de viver, deixar de respirar, deixar de sentir.


Amo-te para sempre, meu puto*
...