sábado, 28 de maio de 2011

desabafo#7

Há bem pouco tempo descobri que amigos? Conto-os pelos dedos e ainda para mais estes mesmos dedos da mão sobram para os contar. Foi mau demais, ter chorado e as pessoas simplesmente, estarem-se nas tintas para mim, sim! Ninguem quis saber de nada, nao se limitaram sequer a perguntar-me se estava bem, salvo duas ou tres excepçoes!
Sinceramente isto magoou-me afincadamente, partiu o meu tao fragil coraçao. Descobri que sou indiferente para muitos que ate pensei serem meus amigos. Afinal so sirvo para "pegarem" comigo quando estou com um falso sorriso na cara.
Logo depois dessa mascara cair, nenhum foi capaz de me dar uma mão, um ombro, uma palavra. Fosse o que fosse, nada foi dado. Um dia isso eu vos retribuo. :'(

Obrigada por nao me apoiarem! Fizeram-me ver os verdadeiros amigos/colegas que tenho!


Uma informaçao extra: a razao do meu choro na escola, nao eram saudades era novamente um assunto bem grave! A morte tem sido como uma sombra na minha vida, persegue-me. Não aconteceu, mas ameaçou.


...

quarta-feira, 25 de maio de 2011

confissao #1

Tenho um sonho, um sonho dificil de realizar porque depois de se concretizar é para toda a vida.
Não é desejavel realiza-lo com todas as idades muito menos aconselhavel...

É preciso muita entrega, amor, carinho, esperança, afectos, saber dar, saber receber, saber dizer não e saber distinguir entre ser sempre nosso e o estar sempre connosco.
È por isso necessario tambem saber deixar voar quando for altura e saber cuidar quando nos for necessitado. Este sonho, nao o posso realizar sozinha, mas espero estar acima das minhas expectativas, sim! porque este sonho... eu nao o vou realizar para o outros, vou faze-lo porque amo demais para ter capacidade de tal entrega, nao para já, nao amanha.. mas daqui a 2 anos, talvez menos talvez mais. Dizem que estou a pensar nao viver, pensando como penso. Mas para mim viver vai ser quando realizar este desejo. Este acto de amor que é... pois isso, que será que é que falo?
Digo aqui sem qualquer medo que seja condenada e me apontem o dedo, creio tambem que ninguem o fará mas nunca se sabe o que a sociedade nos reserva nos dias de hoje:
Nem toda a gente sabe aproveitar a alegria de realizar isto, nem toda a gente sabe amar o que é seu.
Na verdade nem eu sei se serei capaz de o fazer, mas que desejo... isso sim desejo muito. Não ha algo mais genuino na vida e numa mulher do que... Ser mãe!
Seja filho biologico ou adoptado, desde que o amor esteja lá, tudo o resto é acessorio.
Um dia eu realizarei este sonho: Ser Mãe.
E isso ninguem me muda de opiniao, este eu vou lutar contra tudo e todos, porque um dia? Uma criança será minha. Irei viver a alegria de ter o meu filho nos braços e dizer que finalmente deus me deu o que sempre desejei.
Acabam depressa com os meus sonhos, mas este faz parte de mim, nasceu comigo este desejo.






SoraiaMontes



...

sexta-feira, 20 de maio de 2011

desabafo#6

Ás vezes dou por mim sem saber o que quero, ja nao me reconheço, vivo consoante aquilo que a vida me oferece, limitando-me a ficar satisfeita com isso mesmo. Perguntam-me se sou feliz assim e eu infelizmente nao lhes consigo dar a resposta positiva, mas para quê continuar a ter esperança no futuro? Quando as palavras leva-os vento, quando as acçoes ficam esquecidas no passado e quando os sentimentos sao ignorados! Expliquem por favor para que ter esperança...
Hoje foi um dia daqueles em que estive cercada pela estupidez, começou logo de manha... acordei com uma vontade enorme de ficar na cama, nao por preguiça mas por falta de forças para um novo dia, na escola tudo normal... ou quase. Em casa, abri a janela coisa rara de eu fazer desde á 4 meses para ca... e foi logo comentado pela minha mae de uma maneira intrigante, nao tivesse ela insinuado que estou novamente apaixonada, como se isso fosse alguma vez possivel quando a tua partida ainda está tao presente e o teu amor ainda me cerca o coraçao. De tarde, tinha a casa para arrumar todavia, estava com uma moleza enorme para o fazer, efeitos do calor... depois de começar fiquei com uma alta pica e arrumei tudo em menos de 3horas.. Ao fim da tarde tive uma surpresa bastante agradavel de uma pessoa muitoooooo muitooooooo e muitoooooo especial *.*
Agora á noite, fui surpreendida por um rapaz devido á sua frontalidade e pronto, que tenho a dizer deste dia? FOI NO MINIMO ESTUPIDO!

Obrigada por tudo melhor amiga, "foi a melhor comparaçao que encontrei, ninguem nos destroi, nao acaba e nao se quebra" olé :)

prova de tédio xD (gostei)

Achaste:

1. Perfeita? Obviamente que não.
2. Alta? Não muito.
3. Está de pijama? Não :b
4. Canhota? Não

O último:

1. Amigo que você viu?
Ricardo.

2. Pessoa com quem você falou ao telefone:
Tiago.

3. Hoje foi melhor que ontem?
A coisa é a mesma... talvez nao.


Favoritos:

1. Número? - 1
2. cor? Azul
3. Lugar? Praia no inverno ou de manha e rio.


perguntas e respostas:

1. Qual foi a primeira coisa que você fez essa manhã quando acordou?
Olhei para o telemóvel...

2. Alguma coisa te aborrece?
Agora? nao puder ir jogar futebol.

3. Qual foi o ultimo filme que você viu?
Não faço a minima do nome, foi na aula de ingles.

4. Pra onde você foi da última vez que saiu de casa?
Fui ao meu carro, buscar a bola --'

5.Já fez um pedido a uma estrela?
Já sim.

6. Quando foi a ultima vez que você chorou?
ontem á noite :x

7. Qual foi seu último pensamento antes de dormir noite passada?
"a minha vida era tao mais facil quando te tinha"´

8.O que você está ouvindo agora?
A musica de um video que ja me pos a chorar de alegria :')

9. Qual o seu mês favorito?
Julho e Agosto ;)

10. O que você fez noite passada?
msn e sms.

Emoções:

1. sente a falta de alguém?
Imensa...

2. Está feliz?
é relativo.

3. Está triste?
neste momento, é impossivel.

sobre mim:

1. cor dos olhos?
Castanhos.

2. signo?
Leão.

3. momentos favoritos?
Todos quando jogo futebol, os momentos com a melhor amiga e os que passei com o namorado.

4. telemóvel, pc ou camara?
Todos.

5. fuma ou bebe?
fumo cigarros de chocolate. bebo agua, leite e refrigerantes (va so entre amigos ou festas).

responda as seguintes com honestidade:

1.voce gosta de alguem?
SIM!

2. Respondeu todas as perguntas honestamente?
obvio.



...

segunda-feira, 16 de maio de 2011

desabafo#5

Tudo começou na realizaçao de um sonho... logo de inicio captaste a minha atenção. É verdade! Por destino ou por coincidencia fizemos par dentro dessas 4 linhas no primeiro dia... conversamos, sorrimos, brincamos mas acima de tudo esforçamo-nos para ter o que queriamos, a admissao no sonho. Porque nem todos podem sonhar e concretizar. Meses foram passando e as adversidades começaram a surgir, umas após outras: primeiro os teus pais, depois o treinador, depois os amigos... Tudo destinava-se a separar-nos. Mantivemos sempre a força inicial, fomos quebrando barreiras e superando obstaculos, fomos sorrindo e chorando, superando e concretizando. Perdemos e ganhamos. Tivemos sempre um companheiro de batalha, tivemos sempre o nosso Homem no meio, a controlar a situaçao, a fazer-nos sorrir e por vezes a abrir-nos os olhos. Fez-nos rir dos momentos mais parvos e dolorosos com o seu humor caracteristico... Foi ele que nos acalmou quando nos atiraram com o mundo e o seu peso extravagante para cima, segurou-nos com toda a força que tinha, quando nos acusavam de ser aquilo que nao somos, quando acreditaram que viram aquilo que nunca mas nunca aconteceu e ainda nos puniram com isso! Injustiças? Já fomos vitimas de tantas. Hoje tudo se resume a nada, andamos sempre presas por um fio de pruma, na corda bamba. O futuro é algo que desconhecemos... podemos planea-lo mas jamais o adivinharemos, a verdade é que hoje ja nao o temos, hoje ja nao nos faz sorrir do que nos fazem. Hoje somos apenas eu e tu.


Será que sobreviveremos? O presente leva-me a crer que não.


Tenho medo, medo de te perder.


Foi tao dificil superar tudo isto e agora remamos sozinhas o mesmo barco, remado ate á 4 meses atras por 3 pessoas hoje é conduzido por duas mas tem exactamente o mesmo peso, tem o peso da vida e das escolhas que fazemos.


Hoje eu tenho duvidas do meu futuro, o tempo passa e nada parece clarear.


Tenho medo, medo de viver.





SoraiaMontes

...

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Tudo o que uma bola pode fazer :')

Hoje voltei ao activo durante um curto espaço de tempo mas voltei... Hoje estive a defender, soube mesmo bem... pensei que depois de tanto tempo parada, a ausencia ia-se fazer sentir nos reflexos, na tecnica, nos movimentos mas a verdade é que, modéstia á parte, estou mesmo bem, ate acho que melhor do que quando jogava na equipa, hoje nao joguei por obrigaçao joguei por divertimento, descontraida e nao com a pressao de que se falhasse poderia ser expulsa, esse medo condicionou-me imensas vezes nos jogos... mas hoje? hoje voltei a ter prazer de defender numa baliza. Hoje eu defendi bem ^^
Comecei por divertimento, com um sorriso estampado no rosto e nao consegui ver o meu olhar mas devia de estar radiante, apos mais de meia hora de defesas seguidas e sempre em movimento... o cansaço fez-se sentir, mas nao desisti... nao me sentei na relva, coisa que o podia ter feito, controlei a respiraçao, esqueci o cansaço e continuei o meu sonho. Jogar !
Soube bem, voltei a sentir-me viva, feliz e com sentido.
Hoje estou feliz.

ps: o que uma bola de futebol, um amigo e um campo de relva podem fazer. Melhor que isto? Só voltar a puder treinar com prazer e com satisfaçao. Talvez um dia, se um dia nao for tarde demais!

terça-feira, 10 de maio de 2011

desabafo #4

Ás vezes sonhava voltar ao tempo em que me diziam "Soraia, vai brincar nao te preocupes, sao coisas de adultos"... Agora, encarregam-se de ate dizer "Soraia resolve isto" ou ainda pior "aguenta-te porque isto já é normal" ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, eu quero bem la saber se é ou nao é normal, as pessoas fazem aquilo que querem... quando querem e os outros que se aguentem porque afinal? as coisas ja sao assim.
Estou cansada, sabem cansada que me digam que isto é assim porque tem de ser assim!
Apetece-me partir tudo, gritar com tudo e todos, chega estou cansada disto, ja para nao dizer mesmo farta. Quer dizer eu tenho de dizer tudo o que faço e porque o faço e as outras pessoas limitam-se a dizer que vao fazer na hora da verdade.
Isto assim nao dá! Ponto. Estamos num país em que todos fazem o que querem, cada um rema para o seu lado. Neste momento nao somos uma sociedade somos cidadaos individuais em que vivem todos como lhes dá na telha.... Cansei

sábado, 7 de maio de 2011

a chuva tem disto, melancolia.

Hoje passados 3 meses, abri a janela do meu quarto á noite... nao sei porque o fiz hoje, mas a chuva chamou-me afincadamente como se deseja-se que a contempla-se, peguei numa cadeira e subi para o parapeito. A ultima vez que fiz isto, ainda estavas ao meu lado.. ainda me sorrias com o teu sorriso mais doce, ainda me beijavas com um amor sedento de sentimento, ainda resmungavas por me sentar assim com medo que o vidro que me separa do mundo exterior se quebrasse e eu caísse com a força da gravidade a ajudar. Mas hoje nao vou pensar na tua ausência, hoje quero-te sentir. Não preciso de te ver todos os dias para saber que continuas ao meu lado, sei que o estás, porque cumpres sempre o que dizes e nao será, com certeza, nisto que começaras a nao cumprir as tuas palavras, agora proferidas de uma maneira mais natural. Ao sabor do vento...Sabem, é aqui neste sitio com o computador nas pernas que me pergunto que mundo é este em que vivemos!? Se olhar para o exterior, a esta hora da madrugada, o máximo que observo é a chuva a cair e a luz ténue que incide sobre a rua calma e pacifica. Mas se estiver aqui de manha, por volta das 8h observo um mundo totalmente diferente, uma rua cheia de pessoas atarefadas que correm para todo o lado e para lado nenhum, vemos mulheres com sacos de compras, cabelos meio despenteado que correm rapidamente para a padaria para ter pao para o pequeno-almoço, vêem-se homens a comprar jornais e vêem-se ainda crianças que so querem um dia repleto de brincadeira. Pergunto-me para que tanta azafama?
A vida nao devia ser vivida numa correria imensa, em que todos correm mas nenhum alcança a meta, falando em meta que meta é esta? A morte?! Não entendo, estamos num mundo em que todos correm e ninguem alcança, em que somos julgamos por aquilo que vestimos do que por aquilo que fazemos. Estámos condicionados a viver em prol do que a sociedade designa como normal.

Quero fugir da rotina, nao quero pertencer ao grupo de pessoas que corre sem saber o caminho que está a percorrer, quero fazer escolhas consoante o que quero e nao condicionada pelo que a sociedade diz que devo ou nao seguir. Quero ter um trabalho que me dê prazer mesmo que nao me traga muito dinheiro ao fim do mês, nao desejo uma mansão para morar desde que tenha espaço para ter a minha família e dar-lhe o melhor conforto, nao preciso de um carro topo de gama diferente dos que andam nas ruas, preciso apenas de um carro que me leve onde preciso e onde anseio. Nao quero ser a melhor no futebol, quero apenas ter prazer em jogar. Nao quero ser a mulher mais bonita do mundo, porque com certeza que nao o sou e jamais o serei, quero apenas um Homem que me dê amor e que eu tenha capacidade para o amar. Quero dar o dobro daquilo que recebo e desejar o triplo daquilo que anseiam dar mas nao dão. Quero apenas ser quem sou, com todos os erros, todas as virtudes e todos os defeitos e quero apenas: que me aceitem assim!



QUERO E DESEJO apenas SER FELIZ!




Afinal, foi para isto que eu vim ao mundo, para realizar desejos consoante paixões e ser feliz consoante a realizaçao de sonhos, porque o sonho? Comanda a vida!






SoraiaMontes

sexta-feira, 6 de maio de 2011

sabes como é? é braga e porto em Dublin e benfica na luz xD





Foi ontem que se decidiu a final da liga europa... e sinceramente nao podia estar mais satisfeita com as equipas que a vao disputar! Admito, agora, que o meu coraçao está dividido... mas cinica tambem nao o sou, portanto, se tivesse de escolher escolhia o fcp. Sempre foi assim e sempre será assim, mas ?! MAGICO BRAGA, luta e seja o que deus quiser.



como custumo dizer: a bola é redonda e o jogo dura pouco mais de 90m. TUDO PODE ACONTECER!




parabéns...








ps: como diz o Sr. Pinto Da Costa: "seria mais facil vencer o benfica, sendo o Braga temos de lutar" xD




SoraiaMontes






domingo, 1 de maio de 2011

O outro lado.

Depois de escrever o post anterior, fechei o computador sem sequer o encerrar... foi assim que comecei a pensar em ti, nos nosso momentos, em tudo como se tudo surgisse num reboliço de sensações terriveis os quais nao consegui travar. Imaginei que fiz ao computador o mesmo que aconteceu na tua vida, a porta fechou-se e tu nao encerraste todos os assuntos que deviam de ter sido encerrados, nao viveste tudo como sempre desejaste, porém fiz ao computador aquilo que contigo nao consigo fazer, voltei a abri-lo e o ambiente de trabalho com a tua foto surgiu. Por momentos deparei-me com um sorriso e um olhar sincero, o teu!
Tirei o teu relogio do meu pulso, tirei o teu fio do meu pescoço, tirei a tua pulseira do meu pulso, coloquei tudo exactamente á frente dos meus olhos e agora pergunto-me porque foi assim... porque partiste, sabes o quanto este dia custou á tua mae? Não teve o seu filho a abraça-la logo pela manha, nao teve o seu sorriso e nao teve a parva e antiga musica dedicada á mae editada á uns bons anos atras e que todos os anos eu sabia que a punhas a tocar para acordar todos os da casa, levavas-lhe o pequeno-almoço á cama e ficavas lá mimando-lhe os cabelos ainda despenteados. Eras incrivel, rapaz dedicado áquilo que amavas. Os teus irmaos podiam fazer o mesmo que tu, sim podiam, mas para que?! Nunca seria a mesma coisa, este ano todos as festas perderam sentido, perderam-te a ti. Ás vezes tento por-me no lugar dos teus pais, trouxeram ao mundo um filho e passados 18 anos ele simplesmente puf... (ainda hoje nao consigo dizer o que te aconteceu, é mais facil esconder a realidade do que enfrenta-la). Dói, Tiago, dói mesmo.
É querer e nao te ter, é cantar para ti e nao te ver, é querer sentir.te e nao conseguir, é querer acreditar e nao resistir á dor. Em cada segundo do meu dia sinto a tua falta, sinto mesmo. Parece que foi ontem que te vi e ja passaram quase 3 meses, foste o melhor que me aconteceu e hoje simplesmente a minha vida está resumida a pura e simplesmente magoa da tua ausencia. Quando nos ensinam o que é viver nao nos ensinam nem vincam a dor que é perder. Não ha maneira de ensinar a qualquer ser humano o que é perder parte de si. Sim! TU és parte de mim e nem hoje nem nunca eu vou conseguir esquecer tudo aquilo que vivemos, tudo aquilo que sofremos, tudo aquilo que encaramos e todo o apoio que me foi dado. Eu para te ter de volta faria tudo... esta magoa corroi o meu coraçao... eu sem ti nao vivo a vida com alegria, vivo momentos.
Eu sem ti, a nossa filhota sem ti, os teus pais sem ti, os teus irmaos sem ti, o MUNDO sem ti resume-se a um vazio, a um oceano de lagrimas!




Sem ti: o tudo é nada. O muito sabe a pouco. O sorriso é triste. O olhar é escuro. O sol é alento.




SoraiaMontes

Dia Da Mãe

Mãe, que significa? Para muitos é apenas uma palavra, para outros é o nome de uma pessoa. Eu digo que mãe nem todas as mulheres o sabem ser! Mãe é sinónimo de dor, amor, paixao, ardor, sofrimento, felicidade, entrega e compaixão. Mãe é pôr acima de nós uma criança adulta ou nao, é darmos e sacrificar-mos tudo para a ver feliz... mãe é a minha.


Não só se satisfez em me trazer ao mundo como se encarregou de me educar, com algumas ajudas é certo, mas fe-lo. Ajudou-me a dar os primeiros passos, ensinou-me a comer, a caminhar, a lutar... resumindo ensinou-me a viver autonomamente!

Com o tempo fui crescendo e afastando-me um pouco das asas dela, como os passaros logo que aprendem a voar, raro é o tempo que passam no ninho. Eu nao sai do ninho mas comecei a nao precisar constantemente da sua ajuda, e assim, ela foi-se afastando lentamente de mim... deixando-me progredir, preparou-me para quedas que pudessem surgir ao longo do percurso da vida, cheguei mesmo a pensar num dado momento da minha vida que estava puramente por minha conta, já nao tinha a minha mãe constantemente ao meu lado para me segurar os braços antes que desse com os joelhos no chao, porém foi no momento que mais precisei dela que ela "correu" para mim e demonstrou que estava ali como sempre esteve. Em momento algum ela deu sinais de querer desistir de mim, lutou comigo e por mim em varias situaçoes, mostrou-me que o amor de mae nao se desvanece com o passar do tempo. E agora sempre que preciso, ela continua a demonstrar que o seu apoio será sempre um ponto seguro para eu regressar, ser mãe é isto, é saber perdoar nas desilusoes e saber apoiar nas situaçoes mesmo que estas sejam dificeis para elas mesmas, Ser mãe é dar mas tambem receber amor. E da minha? Não me posso queixar, dá-me o que pode, nega o que me prejudica e reclama com o que nao devo fazer e faço, resumindo: ENSINA-ME A VIVER E O QUE É VIVER, deixando-me uma pequena margem para aprender com os meus proprios erros...


uma frase dita pela minha mãe: "a vida é tua, os erros são teus. Eu sou apenas a tua base"- diz tudo!



Obrigada mãe :')


...